Este é um blogue livre de pontos de exclamação

Ilustração de Pedro Vieira
Banda sonora
últ. comentários
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
Claro, tinha que ser Nan Goldin! linda foto...
Que excelente descoberta a minha. Este blog é uma ...
Nem o Godot, nem o Supra-Camões, nem o D.Sebastião...
Parabens pelo destaque nos Blogs do sapo
arquivo
subscrever feeds
Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2010

 

Depois do alucinante "A ofensa", o segundo volume da trilogia, do escritor asturiano, dedicado ao Mal (Porto Editora). Segundo a nota enviada pela editora, «uma terrível ameaça recai sobre Promenadia, uma pacata cidade costeira. Um assassino em série, que seduz vítimas e verdugos, actores e espectadores, transforma-se na sombra da comunidade


etiquetas: ,

publicado por Senhor Palomar às 07:58
link do post | comentar | partilhar
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

 

Obra formalmente apresentada ontem aos jornalistas.


etiquetas: ,

publicado por Senhor Palomar às 17:00
link do post | comentar | partilhar

Portefólio completo do encontro de ontem no Blogtailors


etiquetas:

publicado por Senhor Palomar às 13:40
link do post | comentar | partilhar

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

A Porto Editora prepara-se para apresentar as suas novidades editoriais para os últimos 3 meses do ano. Em conferência de imprensa, no Hotel Tivoli (Lisboa), pelas 18h. O Senhor Palomar tentará viver para contá-la.



publicado por Senhor Palomar às 11:55
link do post | comentar | partilhar

Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

É mais um autor Asa que começa a publicar na Porto Editora. Depois de Sepúlveda, Rosa Montero, Rosa Lobato Faria, Francisco José Viegas (anunciado), é Pérez-Reverte que marca presença no catálogo da Divisão Editorial Literária de Lisboa, chefiada por Manuel Alberto Valente (ex-Asa). Diga-se, contudo, que se trata de uma obra antiga do autor (1993), mas inédita em Portugal e que foi escrita inicialmente como folhetim do El País.

A obra, construída a partir de um acontecimento real, promete: «em 1812, durante a Campanha da Rússia, num combate adverso para as tropas napoleónicas, um batalhão de antigos prisioneiros espanhóis, alistados à força no exército francês, tenta desertar, passando-se para o [lado d]os russos. Interpretando erroneamente o movimento, o Imperador encara-o como um acto de heroísmo e envia em seu auxílio uma carga de cavalaria que terá consequências imprevisíveis» (retirado da nota de imprensa).

Tradução de Helena Pitta.


publicado por Senhor Palomar às 00:28
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 14 de Julho de 2009
Para continuar a seguir aqui. Quererá isto dizer que FJV já terminou o anunciado romance para a Porto Editora, «Mar em Casablanca»?

publicado por Senhor Palomar às 01:22
link do post | comentar | partilhar

Domingo, 28 de Junho de 2009
Ignacio del Valle, que está publicado em Portugal pela Porto Editora, acaba de lançar, em Espanha, «Los demonios de Berlín» (Alfaguara). Reportagem ontem no El País.

publicado por Senhor Palomar às 19:09
link do post | comentar | partilhar

Domingo, 21 de Junho de 2009
A viagem que João Céu e Silva transformou, em todos os sentidos da palavra, "longa", e que tem como protagonista José Saramago, chegou ao Brasil através de uma parceria da Porto Editora com a Horizont e com a Loyola Distribuidora de Livros.
etiquetas: ,

publicado por Senhor Palomar às 08:10
link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 19 de Junho de 2009
A Porto Editora convida todos a participar no concurso lançado no Facebook, através do envio de teorias conspirativas que expliquem como morreu o general Zia. A editora não revela qual o livro que está associado à acção, mas o Senhor Palomar, que acha o desafio de descobrir qual a obra associada muito mais interessante, arrisca que se trata de "A Case of Exploding Mangoes", de Mohammed Hanif, sobre o qual poderão ler aqui (New York Times). Ao lado, uma das capas originais da obra.
etiquetas: ,

publicado por Senhor Palomar às 22:22
link do post | comentar | partilhar

Sexta-feira, 12 de Junho de 2009
Convidado especial de Paraty (1 a 5 de Julho), António Lobo Antunes tem dado algumas entrevistas à imprensa brasileira. Desta feita, foi o Estadão que publicou uma entrevista do autor português, publicado em Portugal pelas Publicações Dom Quixote. Nesta entrevista, ALA diz mesmo que o seu próximo livro é uma das melhores obras que já escreveu. Ler entrevista na íntegra aqui. Aqui pode encontrar excertos audio da entrevista ao Estadão.

Ainda a propósito de entrevista a ALA, recorde-se que a Porto Editora anunciou para o último trimestre do ano a publicação de "Uma longa viagem com António Lobo Antunes", um volume que reunirá uma longa entrevista a  João Céu e Silva, à semelhança do que o jornalista do DN já fizera com José Saramago, Torga e Cunhal.

Imagem retirada daqui.


publicado por Senhor Palomar às 08:00
link do post | comentar | partilhar

Terça-feira, 9 de Junho de 2009



Pedro Sena-Lino tem já uma obra poética com «mais de 7 volumes», conforme se lê na badana do livro. Director da Companhia do Eu, dirige uma série de cursos de escrita criativa, tendo dois livros do género publicados pela Porto Editora. 333 é o seu romance de estreia, o que não deixa de ser uma aparente contradição, já que o autor ensina e disserta sobre uma disciplina sobre a qual não tem matéria publicada.

Porém, esse preconceito é desmistificado logo nas primeiras páginas: Pedro Sena-Lino conduz com agilidade um romance com pouco mais de 150 páginas e com mais de uma centena de personagens metidas ao barulho. Algumas reais, outras nem tanto: na verdade, e na maior parte, nem tanto.

O ritmo da narrativa é vertiginoso, apenas comparado ao igualmente rápido processo de destruição e desaparecimento dos 333 exemplares da obra de Soror Flâmula levados a imprimir pelo mestre-impressor Darius Waerminger, por alturas de Mil e Quinhentos. Através da revelação de algumas das páginas dessa suposta obra, temos acesso a um texto de forte tensão erótica que abre caminho para algumas das escritoras que Pedro Sena-Lino estuda enquanto investigador para efeitos de doutoramento – autoras essas que, diga-se, ainda hoje escandalizariam muitas das plácidas almas do nosso século.

Difícil de classificar (oscilando entre o romance – histórico mas não muito – a micro-ficção e o relato simples quase jornalístico), o romance de Pedro Sena-Lino é sincero nos seus intentos e propõem-se a contar uma história. Várias histórias. 333, para ser mais preciso. Tantas quantas as interpretações que um livro tem a capacidade de dar a conhecer a um leitor.

Nos agradecimentos, o autor não deixa de referir uma série de amigos, leitores muitos deles, assim como a equipa da divisão literária do Porto da editora: Cláudia Gomes, Mónica Magalhães e Rui Couceiro. Subentende-se que terão sido parte importante na elaboração criativa do livro. A ser assim, estão todos de parabéns.

Pedro Sena-Lino [2009]. 333, Porto Editora, 2009. 184 páginas.

publicado por Senhor Palomar às 07:20
link do post | comentar | partilhar

Segunda-feira, 8 de Junho de 2009
«Em “A Ofensa” - considerado por alguns media espanhóis como “o melhor romance publicado em Espanha em 2007″ -, Kurt Cruwell é um jovem alfaiate alemão destacado para a II Guerra Mundial. Antes de partir, o pai diz-lhe estas palavras: “Procura manter-te sempre na retaguarda. O heroísmo foi inventado para os que carecem de futuro.”»

A ler na íntegra o texto de Isabel Coutinho, intitulado "O mal é um tema inesgotável", publicado no suplemento Ípsilon de 29 de Maio, do Jornal Público e disponibilizado no obrigatório Ciberescritas da jornalista, aqui.



etiquetas: ,

publicado por Senhor Palomar às 09:17
link do post | comentar | partilhar

Domingo, 7 de Junho de 2009

A quantidade de notícias dos últimos dias no jornal Público e jornal i (por exemplo) ajudam a perceber por que razão as editoras investem em livros-
manifestos-cartões de apresentação de candidatos às eleições. Aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e em muitos mais locais.


publicado por Senhor Palomar às 12:30
link do post | comentar | partilhar

Sábado, 6 de Junho de 2009
A Divisão Editorial Literária do Porto, da Porto Editora, publicou recentemente "A breve e assombrosa vida de Oscar Wao", segunda obra do dominicano Junot Diaz e vencedora do Prémio Pulitzer 2008 para a ficção.

Ler entrevistas do autor aqui, aqui, aqui e aqui. Ler ainda, aqui, o artigo do jornal The Guardian sobre o autor.


publicado por Senhor Palomar às 20:58
link do post | comentar | partilhar


pesquisar
 
posts recentes

Regressa o Mal, pelas mão...

Mar em Casablanca, de Fra...

Quando Virginia Woolf, Nu...

Porto Editora apresenta h...

Pérez-Reverte na Porto Ed...

ligações
etiquetas

agradecimentos e referências ao sr. palo(76)

alêtheia(2)

angelus novus(3)

antígona(5)

assírio e alvim(9)

autores(508)

bertrand(7)

bibliotecas(5)

campo das letras(2)

casa das letras(2)

contraponto(1)

da literatura e de outras artes(58)

desaparecimentos(3)

design editorial(2)

divulgação(49)

e agora para algo completamente diferent(9)

edições 70(4)

edições nélson de matos(1)

editorial presença(8)

efemérides(2)

escritor é um bicho violento(6)

estado(1)

eventos(7)

fixações listas tops e directórios do sr(80)

gradiva(3)

guerra e paz(2)

guimarães editores(5)

histórias do livro(53)

leya asa(2)

leya caminho(11)

leya lua de papel(3)

leya oceanos(8)

leya publicações dom quixote(35)

leya teorema(11)

livreiros e livrarias(2)

livro de reclamações(1)

livro electrónico e outros gadgets(10)

livros(188)

manifestos(6)

nova vega(1)

o esplendor de portugal(1)

o senhor palomar agradece(8)

o senhor palomar ainda vai à bancarrota(1)

o senhor palomar confessa-se(34)

o senhor palomar dialoga(2)

o senhor palomar é falível e erra(3)

o senhor palomar entrevista(1)

o senhor palomar está ao serviço da comu(2)

o senhor palomar faz serviço público(1)

o senhor palomar não gosta de dar estas(1)

o senhor palomar recomenda(24)

o senhor palomar reflecte(1)

o senhor palomar responde(1)

o senhor palomar tem dúvidas(16)

o senhor palomar vai a votos(1)

oficina do livro(2)

penguin(1)

planeta(1)

polémicas(54)

porto editora(14)

prémios e distinções(29)

profissionais da edição(9)

quetzal editores(26)

quidnovi(1)

recensão literária(57)

relógio d'água(6)

revistas imprensa magazines(13)

saída de emergência(1)

sextante editora(1)

teatro(2)

tendências e géneros(14)

tinta-da-china(7)

todas as tags