Este é um blogue livre de pontos de exclamação

Ilustração de Pedro Vieira
Banda sonora
últ. comentários
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em...
Claro, tinha que ser Nan Goldin! linda foto...
Que excelente descoberta a minha. Este blog é uma ...
Nem o Godot, nem o Supra-Camões, nem o D.Sebastião...
Parabens pelo destaque nos Blogs do sapo
mais comentados
arquivo
subscrever feeds
Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

 

Roberto Bolaño, no excelente Estrela Distante (Teorema) relata a existência do Movimento dos Escritores Bárbaros, cuja filosofia se materializa em duas acções: a reclusão e a leitura. Sendo que por leitura se deverá entender juntar num mesmo saco consagrados como Stendhal, Victor Hugo, Gautier, Banville, entre outros, e sobre as páginas destes peso-pesados cometer todo o tipo de escatologias, como sejam defecar, urinar, ejacular e salpicar de sangue.

 

O Senhor Palomar gosta deste movimento. Mudava-lhe contudo o título, passando-o para Movimento dos Leitores Orgulhosos. Ou queimados. O Movimentos dos Leitores Queimados seria assim constituído por todos aqueles que, tendo pegado num volume para passarem algum tempo de qualidade, acabaram feridos e esquartejados, sem apelo nem agravo. O Senhor Palomar propõe que o primeiro de todos os autores a sofrer sevícias seja Roberto Bolaño – o morto mais vivo que tende a desassossegá-lo dos sonos profundos em que tem estado a tentar se incluir. Sem sucesso já se vê. Este sacana deste Carlos Wieder (ler o referido livro para perceber) é apenas mais um fantasma que teima em se passear pelo palácio mental do Senhor Palomar. Mais um alvo para odiar.



publicado por Senhor Palomar às 16:44
link do post | comentar | partilhar

pesquisar
 
posts recentes

O movimento dos leitores ...

Freud e Jung, por Cronenb...

Sabor a Brasil.

Amalfitano.

Molly Bloom.

ligações
etiquetas

agradecimentos e referências ao sr. palo(76)

alêtheia(2)

angelus novus(3)

antígona(5)

assírio e alvim(9)

autores(508)

bertrand(7)

bibliotecas(5)

campo das letras(2)

casa das letras(2)

contraponto(1)

da literatura e de outras artes(58)

desaparecimentos(3)

design editorial(2)

divulgação(49)

e agora para algo completamente diferent(9)

edições 70(4)

edições nélson de matos(1)

editorial presença(8)

efemérides(2)

escritor é um bicho violento(6)

estado(1)

eventos(7)

fixações listas tops e directórios do sr(80)

gradiva(3)

guerra e paz(2)

guimarães editores(5)

histórias do livro(53)

leya asa(2)

leya caminho(11)

leya lua de papel(3)

leya oceanos(8)

leya publicações dom quixote(35)

leya teorema(11)

livreiros e livrarias(2)

livro de reclamações(1)

livro electrónico e outros gadgets(10)

livros(188)

manifestos(6)

nova vega(1)

o esplendor de portugal(1)

o senhor palomar agradece(8)

o senhor palomar ainda vai à bancarrota(1)

o senhor palomar confessa-se(34)

o senhor palomar dialoga(2)

o senhor palomar é falível e erra(3)

o senhor palomar entrevista(1)

o senhor palomar está ao serviço da comu(2)

o senhor palomar faz serviço público(1)

o senhor palomar não gosta de dar estas(1)

o senhor palomar recomenda(24)

o senhor palomar reflecte(1)

o senhor palomar responde(1)

o senhor palomar tem dúvidas(16)

o senhor palomar vai a votos(1)

oficina do livro(2)

penguin(1)

planeta(1)

polémicas(54)

porto editora(14)

prémios e distinções(29)

profissionais da edição(9)

quetzal editores(26)

quidnovi(1)

recensão literária(57)

relógio d'água(6)

revistas imprensa magazines(13)

saída de emergência(1)

sextante editora(1)

teatro(2)

tendências e géneros(14)

tinta-da-china(7)

todas as tags